Quantos já tiveram coragem de ler...

Hit Counter

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Carros que Odeio : O Retorno

Caros amigos leitores, desculpem a demora na atualização do blog. Sei que prometi atualizações diárias, porém alguns fatos acabaram com a gasolina que habita minhas veias. Estava com todo gás para escrever, empolgadissimo, pessoas me incentivando, o número de visítas crescendo, até uma renda tava começando a gerar no google, quando do nada recebo duas bombas e fiquei meio sem paciência para escrever.

Mas como em nosso mundo tudo agora é flex, resolvi fazer uma conversão e ao invés de colcoar gasolina nas veias botei alcool, e agora tenho combustível de novo para escrever e tocar barco.

Alguns leitores tem reclamado que escrevo textos logos demais, outros estão elogiando a maneira que escrevo que é praticamente uma história. Então a partir de hoje farei textos um pouco menores, porem da mesma maneira.

Deixo claro que isto aqui não é um blog de notícias, então quem tem preguiça de ler, tenha paciência ou procure outro estabelecimento virtual para acumular conhecimentos. Sou meio prolixo em minhas explanações, porém ao final das mesmas geralmente me entendem.

Bom, agora vamos ao que interessa !!


CARROS QUE ODEIO! O povo quer saber qual será o detonado desta quinta-feira.

Qual carro nacional tem as seguintes caracteristicas?

É bonito, mas não é o mais moderno da categoria
É moderno, mas não é o mais moderno da categoria
É mais novo do que os concorrentes, mas não é melhor do que os concorrentes mais velhos
É 2.0 mas tem desempenho de 1.4, bebe como V8, e a propaganda dele é tão ridícula que usam este som de motor V8 como barulho de fundo.
É um carro mas que na verdade é outro carro.

Alguem ai descobriu ?

Bom acho que 90% dos leitores deve estar pensando... (Ainda bem que ele não esta falando do meu carro, ele não é 2.0 ? )

Mas vou atingir um carro que um grande leitor nosso o Ricardo, ama muito. O Vectra. Ops...Astra... Ihhh sei lá, fiquei confuso agora.

O que leva uma montadora olhar para o mercado e achar que todos os seus consumidores são idiotas?

Não sei quem tem observado, mas vejam como a GM vem em um declínio gigantesco desde o fim dos anos 90 até hoje. As grandes coorporações tendem a serem engessadas, burocráticas, mas geralmente se caracterizam por estar inovando o mercado, mesmo que de vez em quando perdendo clientes, e recuperando mais tarde quando provam que estão certas. A nossa querida GM optou por ir pela contra mão. Tinha a linha de produtos mais moderna do mercado nacional nos anos 90, composta por carros que estavam em conssonância com o mercado exterior.

Tinhamos o Vectra A, que era o mesmo em linha na Europa desde 1988. Td bem que chegou com um atraso de 5 anos aqui no Brasil, mas tão logo as importações foram abertas a GM tratou de trazer ele em CKD a partir de 1993 (Para quem não sabe, CKD quer dizer que o carro era fabricado todo no exterior e montado aqui no Brasil, o que tornava-o um modelo nacional.) Em 1995 foi lançado o Vectra B na europa, e em menos de 1 ano, o mesmo estava aqui como o automóvel nacional mais moderno da época.
Anos antes, a GM já tinha inovado, lançando o Ômega, com incríveis 6 anos de atraso em relação a Opel, mas mesmo assim revolucionou um mercado que era servido por Santanas 1983 e seu clone horrivel o Versalhes, Tempra que era um Carro médio pequeno tirando onda de Carro grande, e só.
Em 1994 o Corsa B foi lançado e a GM perdeu a chance de se tornar lider de vendas por não ter produção que atendesse a demanda. Será que eles não imaginavam que aquela coisa lindinha ia vender tanto ?
Em 1995 foi lançada a S10, parente da SS10 Americana, que ao meu ver era mais moderna do que o carro que a originou. Pena que foi lançada com aquele motor fraco do Omega GLS.
Só faltava a GM renovar a sua linha de carros médios, e em 1997 com o lançamento do Astra G na Europa, tudo estava começado a se desenhar.

Eu fiquei orgulhoso da GM nesta epoca, Tinhamos em linha o melhor Sedan Nacional, o Melhor Hatch pequeno, o melhor médio, e um Sedan grande que era respeitado apesar da idade senil.

Era uma linha diversificada, se não fosse moderna ao extremo, podiamos dizer que ali morava a vanguarda da tecnologia automotiva nacional.

Então um belo dia os executivos tomaram um porre e começaram a tomar decisões erradas em uma sucessão de fatos que só não levou a GM a perder mais vendas porque o consumidor brasileiro tem nariz de palhaço.

O primeiro erro grotesco da Gm foi para mim o lançamento do Celta. Alguem do departamento de custos achou que um Corsa B era caro de produzir, que era muito bem acabado para ser um modelo de entrada, e resolveu dar a ideia lançar uma versão piorada dele, pois se brasileiro comprava tanto Gol e Uno, qualquer coisa melhorziha seria bem vendida. Acho que eles pensaram.

"Vamos vender Celta para o povo que quer um carro de baixo custo, tirar o Corsa B de linha e lançar o Corsa c que acabava de ser lançado em 2000 na Europa."

Só que eles esqueceram que estavam no Brasil. E brasileiro, pode ser palhaço, pode ser tudo, mas sempre comprou carro GM por ter bom acabamento, e confiabilidade. O celta que foi guardado a 7 chaves como um projeto inovador, só foi bom para a GM. A nova fábrica em Gravataí era a unidade mais moderna da GM no mundo, bem automatizada, o que possibilitaria gerar lucros ainda maiores quando o projeto estivesse pago. Para piorar a GM passou como mentirosa. Anunciou para a imprensa que teria o carro mais barato do mercado, não conseguiu vender o carro mais barato, ainda o carro tomou pau em todas as análises que participou no seu lançamento. Resultado, o Celta nunca passou da terceira colocação em vendas, nunca foi o queridinho do público. Quando melhou de acabamento já era tarde demais. Ainda mantiveram em linhao Corsa B, que era o mesmo carro, porem um pouco melhor, com preço parecido e motorização igual nas versões mais em conta.

É como chamar o brasileiro de Palhaço - "Olha amigo, eu tenho aqui o mesmo carro, certo, um mais moderno por fora e feio por dentro, outro mais antigo por fora e mais bonito por dentro. O mais antigo vai te dar muito mais conforto, apesar de ter o mesmo tamanho, mas as pessoas vão te olhar mais neste modelo mais novo pois ele é NOVO. E brasileiro compra carro porque ? Para chamar atenção do vizinho, nunca se esqueçam disto.

Depois deste erro grotesco, veio o pior. O Lançamento do Corsa C.

A GM teve a chance de lançar o primeiro carro compacto da nova geração e mostrar aos consumidores o novo padrão de qualidade e espaço para carros compactos. Porém eles pegaram esta chance, e jogaram para a Ford lançarem com o Fiesta.

A GM quiz fazer do Corsa C algo que ele não era, assim como Fiesta, Polo, C3 e 207, um compacto de luxo. Lançaram o carro cheio de parafernália eletronica embarcada que o cliente não vê, mudou o estilo do Corsa europeu que era muito mais harmônico, lembrando a frente do Corsa B, colocou um motor fraco para o peso do carro devido aos reforços estruturais que este modelo tem em relação a plataforma GM 4200, e renegou o carro as ultimas posições de vendas em sua categoria durante anos.

Alguem me diga como é que se faz um carro tão bom e deixa ele ser ultimo colocado em diversos comparativos de revistas o tempo todo. É não investir no seu produto da meneira correta. Este modelo do Corsa não deveria nunca ter sido lançado com motor 1.0, apenas como motor 1.2 para cima. Na europa já existia este motor, ele tem um torque maior do que o 1.0 nacional apesar de menor potência, mas o consumidor que é torque, não potencia maxima a 5400 rpm.

A GM então de uma linha moderna no final dos anos 90 passou a contar com uma linha estranha em meados dos anos 2000.

S10 cansada de guerra, Corsa B, que deveria ter ficado em linha até hoje, Celta que não disse a que veio, Astra que já estava sendo substituido em 2002, e Vectra que estava em franca decadência. Não existia mais o Omega nacional, e os concorrentes estavam bem melhores do que na decada passada.

Este texto esta ficando muito longo... Me desculpem mesmo, mas é que eu não consigo achar isto normal, como um leigo que nunca estudou marketing profundamente, vejo que foram os piores caminhos tomados.

Mas vamos ao Vectra.

Em 2004 e 2005 a Gm vendeu pouquissimos Vectra B, matando de vez um modelo que ainda era interessante no mercado apesar da idade avançada. Como todo carro que tem o design marcante,
Mas a verdade era que o Vectra C tinha sido lançado em 2001 na Europa, e era um modelo mal sucedido por lá ao contrário do Vectra B. Tinha um design pouco inspirado, e um comportamento dinâmico criticado por alguns jornalistas especializados.

A GM tentou fazer um upgrade no Astra nacional nesta epoca pra faze-lo substituir o Vectra, porém não deu certo, e ai veio a grande cagada.

Pegaram o Opel Astra de 2004, utlizaram a plataforma da Zafira nacional, e criaram um modelo sedan do mesmo. Ao invés de lançarem ele como "Novo Monza" ou qualquer outro nome, lançaram como nova Geração do Vectra. Para o público consumidor leigo isto não quer dizer nada, mas para quem conhece, sabe o quanto é grave você retirar um modelo superior e colocar um inferior para substituir. Não lembro de muitos casos no mercado nacional, mas lembro de um da própria GM. Mas é como se fosse um caso ao contrário. O Chevette nacional que era o Opel Kadett C, conviveu com o depois lançado Chevrolet Kadett. Ambos os carros da mesma categorias porem o mais novo foi vendido como carro médio. Quando foi lançado o Astra no Brasil e o Kadett viveu por mais algum tempo, ficou bem claro que o Astra era o sucessor do Kadett assim como foi na Europa. O natural seria o Astra ser modificado aqui para a geração mais nova em 2005, e o Vectra morrer, ou ser lançado outro carro em seu lugar.

Seria muito mais honesto com os consumidores.

Este post continua no Sabado a noite...

2 Comentários:

Ton disse...

Pois è Speed!
Quanto a colocação do lançamento como "novo monza", eu concordo poisaquele novo vectra mais parece um "monza do futuro", sei lá, o desenho dele é como se fosse um monza refeito e reestilizado pros anos 2000, enfim, quero ver o restante do texto, mas até agora vejo que você está coberto de razão nessa crítica, seria intereessante se alguns execultivos da GM do Brasil a vissem.

Abração...

Speed Boy disse...

Irei terminar assim que chegar da faculdade. Tenho novos fatos para mostrar que vão embasar meu pensamento.


Abração Tom!!

Postar um comentário

Comente aqui sobre este post. Pode falar bem o mal, o blog é aberto !

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO